8 comentários:
De Rita a 5 de Maio de 2006 às 12:57
Sem dúvida que os aromas são grandes auxiliares de memória. Até li uma vez que se estudarmos um certo assunto associando-o a um cheiro temos mais facilidade em nos recordarmos dele.
Mas metendo a parte cientifica de lado, toda a gente que já esteve constipada sabe a importancia de um cheirinho... até parece que a comida não nos sabe a nada se não a podemos saborear com o nariz!
De Clitie a 5 de Maio de 2006 às 14:43
Não tenho nada contra os cheiros, mas esse livro... nunca consegui lê-lo até ao fim! :-(

Bjks e bom fim de semana.
De soaresesilva a 5 de Maio de 2006 às 19:09
Tenho dois cheiros gravados na minha memória: um, ligado à infância na quinta dos meus avós, ligado às malvarosas que emolduravam o caminho do portão até à casa. Outro, na adolescência, da madressilva, que crescia junto à casa do meu amado!
De conchitamachado a 6 de Maio de 2006 às 13:41
Sou a favor da aromatorapia ...
Faço colecção.
Feliz fim-de-semana.
Beijo
- ConchitaMachado -
De Joca a 7 de Maio de 2006 às 14:12
quanto tempo guardamos o cheiro do prazer no corpo...
quanto tempo fica no coração...
quanto tempo aguenta na mente...
o pensamento espera pelo novo momento...
se não voltar...fica a vontade perdida de poder e não voltar amar...
De anacanela a 7 de Maio de 2006 às 19:29
há cheiros que reconhecemos, há cheiros que estranhamos..e cheiros que nos entranham...há cheiros que até têm cor e sabor e nome de pessoas , de lugares, de momentos* um cheirinho a canela *
De PDivulg a 8 de Maio de 2006 às 09:02
E por vezes passam os oanos esquecemos as coisas mas ainda recordamos aquele aroma associado a determinado acontecimento...
De Leonor a 12 de Outubro de 2007 às 18:10
um dos textos mais bonitos que ja li.
um cheiro é a melhor pegada que possas seguir.

Comentar post