Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

EU VOU, EU VOU...

Facil-de-entender_big

... ao Centro Cultural de Belém eu vou!!!!

9 de Dezembro (ainda falta um bocadinho), no grande auditório, primeira plateia, já tenho os bilhetes... ESTOU CONTENTE!!!!

Eu vou, eu vou, ver os The Gift dia 9, eu vou!

Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

E A SAGA CONTINUA...

Pois é, estão mesmo fixados nas máquinas do predio.

Hoje andaram numa roda viva (contado ninguém acredita) para arranjar moedas para a máquina. Comeram croissants todos contentes e felizes e no fim foram à outra máquina (a dos cafés) buscar cappuccinos.

De salientar que aqui dentro da empresa temos café, chá e microondas. Na rua há pelo menos 5 cafés que servem refeições, por perto.

A máquina deve ter algum poder e entrou-lhes no cérebro... deixou-os completamente vidrados e já nada lhes sabe bem, sem ser o belo do croissant ou da sandocha que sai de dentro dela.

A máquina está a controlar a mente de quem se aproxima por perto!!!!

Eu é que não vou lá... ainda fico na mesma!!!

Desculpem a minha repetição, mas isto está-me a deixar bastante nervosa... é isto e a ideia de poder ter visto o Dom Sebastião a sair do nevoeiro cerrado, que atravessei ontem para chegar a casa.

Não via um palmo à frente do nariz... tive de passar por uma estrada com cerca de um quilometro, completamente isolada (eu e a estrada) sem traços nem sequer alcatrão, portanto a estrada era completamente igual à pequena e esburacada berma. Estava a ver qual era o momento que atravessava a estrada de um lado ao outro e ia para o meio dos pinheiros!

Ufa... custou-me mesmo! Mas já passou, já passou...

Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

A MARAVILHOSA MAQUINA DE SANDES...

Aqui no predio onde trabalho colocaram uma máquina de cafés (optimos daqueles com cappuccino e tudo!!!) e uma máquina de sandes e afins.

Esta ultima máquina tornou-se a fixação e o extase total de colegas meus...! Até fazem a refeição de almoço com as belas das sandochas da máquina!!!

Completamente ao rubro contam as moedas que têm, fartam-se de rir a constatar que tem moedas para montanhas de sandes, preparam-se para as ir buscar como se fossem almoçar ao melhor dos restaurantes, deliciam-se na subida das escadas que vão dar à bela da máquina e, comem as sandes, croissants etc, completamente maravilhados pela delicia que é um belo pão com validade de uma semana! Divertem-se tanto, mas tanto, com a tecnologia da comida "emaquinada". Parece que estão a comer o melhor manjar do mundo! É vê-los a rir, e a falar alegremente sobre a máquina, parece que lhes caiu ouro do céu!

Não me incomoda nada ir buscar uma sandes para matar um "ratinho"... não tenho nada contra estas máquinas que às vezes fazem bastante jeito... agora, fazer disso o momento mais alto do dia!!!! Haja paciencia...

E eu que dizia que não me espantava com mais nada que se pudesse passar aqui... errei, errei, errei bastante...

Segunda-feira, 13 de Novembro de 2006

...

No sábado fui para os lados do guincho apanhar um solzinho, respirar e ver coisas bonitas.

Foi tudo optimo menos a carraspana que apanhei.

Já devia estar a começar a chocar uma bela constipação misturada com alergia, apanhei sol, e deu no que deu... estou doente, não me sinto nada bem... e ainda por cima vim trabalhar.

Mas porque é que a consciencia fala mais alto do que a horrivel maneira que me sinto? Estou com dores no corpo, tenho a cabeça pesadissima, só respiro pela boca, não sinto sabor nem cheiros, tenho comichão nos olhos que por sinal estão a meio palmo... enfim, estou boa para devolução...

Devia era estar em casa, mas enfim... pode ser que amanhã já esteja melhor...

Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

CABEÇA NO AR...

taparuwere

Hoje para o almoço trouxe um belo petisco para comer... uns camarõezinhos fritos que fiz no feriado e que sobraram e um belo de um paozinho para molhar...

Qual é o meu espanto quando vejo que dentro da caixa de vidro onde os trazia, onde os aqueci e de onde os estava a comer, estava uma bela de uma tampa de "taparuwere"!

Fartei-me de rir! Tenho mesmo uma cabeça tonta!

Mas como a minha colega diz... é bem melhor do que se me tivesse esquecido lá da esponja de lavar a louça! Pelo menos era uma tampa... e lavadinha!

Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

PÂNICO...

... foi o que eu senti hoje por ter apanhado um taxi e o condutor ser um completo lunático!

Hoje fui deixar o meu carro à revisão e como não conseguia entrar a horas (nem pouco mais ou menos) ao trabalho se fosse de autocarro, decidi apanhar um taxi.

Como condutora que sou, nesta bela cidade de Lisboa, não tenho grande apreço pelos taxistas, mas até hoje, e fora alguns episódios, nunca tinha tido uma experiencia como esta. Não sabia se me havia de rir, se havia de chorar, se havia de me atirar do taxi, se havia de fechar os olhos e só os abrir quando chegasse, só sei que o homem era completamente doido, passadissimo da cabeça!

Arranques rapidissimos, dois metros a andar seguidos de uma travagem brusca... completamente colado ao carro da frente, aos solavancos, a desafiar... e quando passava pelos outros olhava com um ar de arrogante e do tipo "-O que é que estás aqui a fazer, só eu é que tenho direito!".

Rotundas em que entrava completamente à maluca... os outros que parassem... musica altissima, um carro a cair de podre e com um cheiro horrivel!! Pensei a certa altura... "-Eu tenho de dizer alguma coisa, para ele ir mais devagar, ter mais cuidado, senão não chego viva ao trabalho!!", mas depois pensei melhor e calei-me, pois o belo senhor estava com cara de poucos amigos e ainda me deixava no meio da autoestrada!! Não sei se não teria sido melhor!!

A meio da viagem decidi pôr o cinto, pelo sim pelo não. O pânico maior foi na subida da pimenteira... até chegou a passar no meio de dois carros... estão a ver... duas faixas, três carros!!!!

Quando saí do taxi, respirei fundo e assentei bem os pezinhos no chão... estava mesmo aflita!

Mas o pior de tudo é que quando sair do trabalho tenho de apanhar novamente um taxi!!!

Deus me ajude...

Adenda: Esta viagem correu bem... até consegui ler uma revista! Ufa!

.mais sobre mim

e-mail:
ritalexandre@hotmail.com
A LOJA...

Para encomendas: seilademilcores@yahoo.com

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pegadas Frescas

. MUDANÇA...

. FOI LINDO!

. EU VOU, EU VOU...

. E A SAGA CONTINUA...

. A MARAVILHOSA MAQUINA DE ...

. ...

. CABEÇA NO AR...

. PÂNICO...

. DE TI PARA MIM... OU DE M...

. MUDANÇAS

.Pegadas Passadas

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Pegadas Favoritas

. CHEIROS...

. E TUDO E TUDO E TUDO

. ADEUS AMIGO...

. DE COR...

. UMA LÁGRIMA ROLA...

. TEMPO...

. OS OLHOS DIZEM TUDO...

. O TEU RISO

. AGRADECIMENTOS...

. RENASCER...

.Outras Pegadas

blogs SAPO

.subscrever feeds