Terça-feira, 28 de Março de 2006

NOVIDADES

Novas peças no "Sei lá de Mil Cores"...
... espreitem...

... o link está aqui ao lado na barra lateral...

sinto-me: nostálgica
Segunda-feira, 27 de Março de 2006

BEIJO

Não posso deixar que te leve, o castigo da ausencia
Vou ficar a esperar, e vais ver-me a lutar
Para que esse mar não nos vença

Não posso pensar que esta noite, adormeço sozinha
Vou ficar a escrever e talvez vá vencer
O teu longo caminho

Quero que saibas, que sem ti não há lua
Nem as arvores crescem ou as mãos amanhecem
Entre as sombras da rua

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim...

Não posso deixar de sentir-te, na memoria das mãos
Vou ficar a despir-te
E talvez ouça rir-te, nas paredes, no chão

Não posso mentir que as lagrimas, são saudades do beijo
Vou ficar mais despida, que um corpo vencido
Perdido em desejo

Quero que saibas, que sem ti não há lua
Nem as arvores crescem, ou as mãos amanhecem
Entre as sombras da rua

Leva os meus braços
Esconde-te em mim
Que a dor do silêncio
Contigo eu venço
Num beijo assim...

(Pedro Abrunhosa)


sinto-me: aluada
Quinta-feira, 23 de Março de 2006

DAR E RECEBER

Qual será a importância que as pessoas têm na vida uns dos outros? Nem todas têm o mesmo nível de importância, isso é normal, mas falo daquelas que nos são mais chegadas, familiares, companheiros, amigos, enfim as pessoas do nosso dia a dia.

Existem coisas que por vezes pensamos que são básicas e que as faríamos sem qualquer problema… mas este pensamento surge-me quando reparo que algumas pessoas não fazem a mesma coisa, não têm o mesmo nível de preocupação, não se importam com as mesmas coisas, nem dão valor ao que eu normalmente dou.

Acho que cada vez as pessoas estão mais egoístas, cada vez olham mais para o seu umbigo e deixam para trás coisas que são importantes, como um carinho, uma preocupação, uma palavra amiga.

Com isto não digo, que sou perfeita, que não cometo erros, que sou um amor... mas em certos aspectos sei o que valho, sei o que dou e como sou... gosto de dar, mas também gosto de receber de vez em quando.

Ultimamente tenho reparado que à minha volta, as pessoas só pedem, pedem, pedem… mas nada dão. Não estou à espera de reconhecimento, nem faço nada com segundas intenções (pelo menos não é normal), mas gostaria de sentir que os outros apreciam aquilo que faço com carinho, e que quando necessito também tenho com quem contar.

É fácil pedir, é fácil exigir, é fácil criar um hábito de nos tratarem sempre de tudo… mas pelos vistos não é nada fácil fazer o contrário. É pena, e fico triste com isso, apetecia-me fazer o mesmo… mas infelizmente (ou felizmente), não consigo, não sou assim… mas fico triste…

sinto-me: murcha
Segunda-feira, 20 de Março de 2006

PRIMAVERA

Hoje começa a Primavera. Os indícios do seu começo já há muito que andavam no ar. A temperatura já está mais amena, já se ouvem os pássaros a cantar, as flores já despontam e já enchem a paisagem de cor...

Gosto desta época, a bem dizer é a estação que eu mais gosto. Não sei porquê apetece-me sair, começar novas coisas, apetece-me olhar o céu e a natureza, sei lá... apetece-me tanta coisa que eu própria me atropelo...
Mas também, no meio disto tudo também não me apetece quase nada... ou então tudo, mas noutras condições...
Complicado?
Pois é... é da mudança de estação, é da Primavera...

sinto-me: irrequieta
Sexta-feira, 17 de Março de 2006

VOAR

É tão bom depois de um dia de trabalho e no caminho para casa ver à frente dos nossos olhos uma beleza destas.

 

 

O céu estava assim... cheio de cores... dramático... como se de outro mundo se tratasse. Deu-me paz... deixei de ver à minha volta e concentrei-me naquela imagem...

 

 

Abstraí-me de tudo... e voei...

 

sinto-me: calma
Segunda-feira, 13 de Março de 2006

É INJUSTO...

Detesto injustiças!

Já o meu signo (balança) o diz e é bem verdade. Passo-me completamente quando vejo injustiças de qualquer espécie, seja comigo ou com alguém. Normalmente vejo sempre os dois lados da questão e tento fazer ver que por vezes os dois lados estão correctos, mas são apenas vistos por diferentes angulos. Para mim, numa história há sempre dois lados, diferentes olhos, diferentes vidas, diferentes maneiras de pensar e de ver as coisas.

Não gosto de injustiças, e então quando estas me batem à porta, perco o chão, perco a noção da realidade e de que certas pessoas por vezes não se importam de magoar os outros, mesmo que não tenham razão nenhuma. E quando essa injustiças vêm aliadas a mesquinhices, até perco o poder de raciocínio, fico cega e sem palavras. Sinto-me ultrajada, violentada, presa por perceber que na cabeça da outra pessoa não se está a fazer luz, não se está a raciocinar com clareza e com noção da realidade, e que eu não posso fazer nada quanto a isso, não posso quebrar a rocha que está no lugar do coração.

Odeio injustiças, então para mais quando tenho a certeza que é mesmo injusto e que o outro lado está MESMO ERRADO!!

Odeio… simplesmente… odeio injustiças…


sinto-me: irritada
Quinta-feira, 9 de Março de 2006

AMOR VERSUS AMIZADE

Em todas as relações de amor entre duas pessoas, além desse amor, deveria também sempre existir uma relação de pura amizade, de companheirismo e camaradagem.

A pessoa que o nosso coração escolhe não deve apenas ser o nosso amor, mas também o nosso melhor amigo.

Não deveria existir o conceito que nem tudo se pode contar, que certas coisas que já se passaram nas nossas vidas devem ficar à parte, devem ficar escondidas. Tudo isso já se passou, então porquê esconder, porque camuflar, porque é que não se pode deixar conhecer à nossa cara metade os nossos comportamentos num ou noutro ponto da nossa vida?

É optimo quando existe um grande conhecimento mutuo, mas tudo tem de ser levado com muita paz. As pessoas que se vão conhecendo mais dia após dia, cada vez são mais felizes, mais abertas, mais livres. Não deve haver espaço para omissões, se existe verdadeiro amor.

Tudo bem que uma pessoa nunca se deve entregar totalmente… mas isso é outro assunto que eu falarei noutro momento. Mas quando se têm certezas na vida, porque não confiar e dar confiança. Eu sei que em muitos casos, muita gente tem medo de se magoar, de dar muito a conhecer, tem medo de ficar nas mãos do outro. Mas se existe verdadeiro amor entre as duas partes, porque não? Deixa de ser um risco para ser uma certeza…

Por exemplo na intimidade de um casal, deve haver um grande conhecimento, uma grande confiança, uma grande liberdade… desta maneira devemo-nos dar a conhecer, não devemos ter medo de falar abertamente, deverá haver uma entrega total, uma grande cumplicidade… e isso apenas se consegue com honestidade e sobretudo com uma grande amizade!

O amor e a amizade complementam-se, criam uma maior união, uma maior paz, uma maior liberdade para ser quem somos e para nos conhecermos um bocadinho mais.

sinto-me:
Quarta-feira, 8 de Março de 2006

SER MULHER

...é ser frágil... na força,

é ser romântica...na realidade,

é ser sonhadora...no dia-a-dia,

é ser firme...na fraqueza,

é se mostrar segura...na insegurança,

é querer ser independente...na dependência,

é acertar...nos erros.

 

Ser mulher

é ter vida,

é ter amor,

é ter paixão,

é ter desejos,

é ter sonhos.

 

Ser mulher é principalmente

ser indestrutível,

pois a mulher é amor

e o amor controla a vida

rege o universo

é o caminho para todas as coisas,

por isso através do amor

Ser mulher

É ser imortal.


(Sandra Mamede)


Apesar deste dia ser um dia igual aos outros, celebra-se o dia da mulher. Para todas as mulheres um feliz dia... e tambem para todos os homens que nos acompanham e nos fazem ser Mulheres, Meninas, Mães, Amigas, Companheiras... eles completam-nos!

Um bom dia a todos!


sinto-me:
Terça-feira, 7 de Março de 2006

VERDADE

Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade


Como negar essa linda emoção

Que tanto bem fez pro meu coração

E a minha paixão adormecida

 

Teu amor meu amor incendeia

Nossa cama parece uma teia

Teu olhar uma luz que clareia

Meu caminho tal qual lua cheia

 

Eu nem posso pensar em te perder

Ai de mim esse amor terminar

Sem você minha felicidade

Morreria tanto penar

Verdade


Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade

 

(Nelson Rufino e Carlinhos Santana)

  

sinto-me:
Segunda-feira, 6 de Março de 2006

BELEZA DA VIDA

"Às vezes um acontecimento sem importância é capaz de transformar toda a beleza em um momento de angústia. Insistimos em ver o cisco no olho, e esquecemos as montanhas, os campos e as oliveiras."

 

Paulo Coelho


sinto-me:
Sábado, 4 de Março de 2006

ESTÁ DIFICIL!

Pois é, como já devem ter reparado, já migrei o meu blog para os novos blogs do sapo! Mas que grande trabalheira!!!

As imagens desapareceram-me todas, tive de as colocar no serviço de fotos do Sapo para depois, um a um, voltar a editar os posts e colocar de novo as imagens.

Os comentários que já tinha aparecem todos como anónimos, tendo que os ver no fim para descobrir o url de quem mos enviou.

Está complicado, tenho estado o dia todo e ainda nem consegui repor metade das imagens. Olhem, vou fazendo aos bocadinhos, pois não quero perder nada do que já tinha.

Depois disso tenho de colocar os links dos meus blogs favoritos.

Está complicado!Pois é, como já devem ter reparado, já migrei o meu blog para os novos blogs do sapo! Mas que grande trabalheira!!!


sinto-me:
escrito por Ritisabel às 09:17

link do post | deixem as vossas pegadas | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Março de 2006

APETECE-ME...

Nestes ultimos dias e devido às mais variadas influencias tem me apetecido fazer qualquer coisa manual, que venha de mim, criar qualquer coisa.
Tenho tantas ideias que todas elas se confundem e ultrapassam.
Já pensei em retomar certas coisinhas em ponto cruz que deixei inacabadas, começar algumas novas, pintar alguns desenhos que acho bonitos, fazer alguma coisa em crochet, fazer umas bijuterias… são tantas as ideias que não sei qual delas prefiro, por onde começar, o que fazer primeiro… pois cada vez que penso numa, outra me vem à cabeça, e outra e outra!
Depois páro e penso… mas que tempo é que eu tenho para as fazer, para me dedicar a elas???? Nenhum, ou quase nenhum… talvez ao fim de semana? Mas sei como sou, se só faço ao fim de semana, muito rapidamente me desinteresso e as deixo para trás!
Já pensei nas horas de almoço… mas não me estou a ver a fazer crochet ou ponto cruz no trabalho (os meus colegas não têm a capacidade de digerir certas coisas, sem mandar bitaques)!
Não sei o quê, nem quando! Mas sei que me apetece criar, fazer, sentir o bom que é quando fazemos algo que gostamos e nos dá prazer.
Vamos ver se me entendo comigo própria e se meto mãos à obra… sabe bem!
Quinta-feira, 2 de Março de 2006

NOVO CANTINHO

Abriu um novo cantinho desta menina


 

CORES E MAIS CORES É UM BLOG DEDICADO AO MUNDO DAS CRIANÇAS... TEM TELAS E ACRÍLICOS, CONVITES, BRINDES. TUDO FEITO À MÃO, COM MUITO AMOR...

Visitem aqui
e apreciem as coisinhas bonitas que lá estão…

Quarta-feira, 1 de Março de 2006

É TÃO BOM...

 

É tão bom acordar para um novo dia cheio de sol, com um beijo e um abraço de quem mais amamos na vida… É tão bom ter todo o tempo do mundo para nos sentirmos bem e em paz… É tão bom recebermos mimos, todo o carinho e amor, nem que seja atraves de um olhar… É tão bom sentir o peito cheio de emoção e felicidade, sentir uma alegria imensa que inunda o corpo, sentir a vida a pulsar… É tão bom abrir as janelas e deixar a luz entrar, inspirar profundamente e sorrir… É tão bom cuidar e sermos cuidados, com carinho e verdade… É tão bom sentir que somos importantes e desejados por alguém… É tão bom amar e ser amado de volta… Ai, que é tão bom!

.mais sobre mim

e-mail:
ritalexandre@hotmail.com
A LOJA...

Para encomendas: seilademilcores@yahoo.com

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pegadas Frescas

. MUDANÇA...

. FOI LINDO!

. EU VOU, EU VOU...

. E A SAGA CONTINUA...

. A MARAVILHOSA MAQUINA DE ...

. ...

. CABEÇA NO AR...

. PÂNICO...

. DE TI PARA MIM... OU DE M...

. MUDANÇAS

.Pegadas Passadas

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Pegadas Favoritas

. CHEIROS...

. E TUDO E TUDO E TUDO

. ADEUS AMIGO...

. DE COR...

. UMA LÁGRIMA ROLA...

. TEMPO...

. OS OLHOS DIZEM TUDO...

. O TEU RISO

. AGRADECIMENTOS...

. RENASCER...

.Outras Pegadas

blogs SAPO

.subscrever feeds