Quinta-feira, 13 de Outubro de 2005

PENSAR...

fly.jpg

Ao longo dos anos fui constatando que sou uma pessoa que pensa demais. Penso demais em tudo... até para a compra de uma simples coisa eu penso demais!
Todas as decisões importantes da minha vida foram devidamente pesadas, analizadas, exploradas até à mais pequena particula. Levo tempo a tomar uma decisão, não consigo fazer de outra maneira. Não sou aventureira, mas gostaria de o ser, tenho sempre de pesar os prós e os contras. Tanto pensamento ainda me faz ficar mais indecisa, mais confusa, nada esclarecida.

Devido a essa caracteristica tenho a perfeita consciencia de que perdi e não aproveitei muitas coisas na minha vida, muitas hipoteses, até quem sabe uma vida completamente diferente. Não sei nem tenho maneira de o saber. Não sei se os meus passos foram acertados ou completamente errados, não sei se aproveitei tudo o que deveria de aproveitar, não sei se vivi ou se pensei demais para o fazer. Não sei...

Nos meu altos vôos no mundo dos sonhos, vivo tudo e não vivo nada. Os pensamentos levam-me a todo lado, mas na realidade não saio do mesmo sitio. Vôo com uma musica, com uma gota de chuva, com um pássaro a voar, com o reflexo da luz sobre o mar... vivo outras vidas, tomo decisões que não passam do meu coração, que não aparecem, que não se transformam em realidade!

Mas neste momento apetece-me fazer tudo, não pensar, deixar andar, aproveitar tudo aquilo que for colocado à minha frente! Só tentando é que nos podemos queixar... se não tentarmos tudo, nunca poderemos saber como poderia ter sido! Viver acima de tudo, sem confusões, sem indecisões, sem medos!

Quero muito, mas será que consigo saber como é que isso se faz? Acho que não vou pensar mais nisso...

escrito por Ritisabel às 10:26

link do post | deixem as vossas pegadas | favorito
|
13 comentários:
De Anónimo a 19 de Outubro de 2005 às 12:37
Eu também sou assim... E também já perdi muito por ser assim... Mas que vamos fazer? Perdemos por esse lado, ganhamos por outro, certamente!Hélder
(http://superbockstout.blogspot.com/)
(mailto:hlemos@zmail.pt)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 16:25
Se pensas e repensas, podes formar um novelo, e o pior é se se ensarilha. Diz: Abre-te Sésamo!, e verás. BeijinhoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 14:42
Se não tentares nunca saberás o sabor da experiência!
Liberta do rigor e da inflexibilidade de pensamento!
Tenta...

Bjks da matildemiguel
(http://spaces.msn.com/members/aminhamatilde)
(mailto:miguelangelobrito@gmail.com)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 14:38
E acho que estás novamente a pensar demais... lol
Na verdade, amiga, eu tb sofro desse mesmo mal, mas tento sp combatê-lo pois sei que prefiro arrepender-me por algo que fiz do que por algo que não fiz.
Beijinhos e bom fim de semana
~º(",)º~
FernandaFernanda Carvalho
(http://o-vento-debaixo-das-minhas-asas.blogspot.com/)
(mailto:falexcarvalho@yahoo.com)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 11:00
O "percurso" que fizes-te sabes como foi, aquele que não fizes-te, não sabes como seria...ninguem o sabe mesmo! Tudo de bom......bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.com.pt)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 09:47
Os passos que deste foram sempre acertados, porque te fizeram chegar onde hoje estás. Não podes desejar os passos que não deste porque sabe-se la se seriam melhores?? PDivulg
(http://lacosazuis.blogs.sapo.pt)
(mailto:pdivulg@sapo.pt)
De Anónimo a 13 de Outubro de 2005 às 19:33
Eu, Castor, me confesso: sentei-me a pensar, a pensar, a pensar... e pensei tanto, que adormeci... ora rôda-se!!! e agora já não me lembro do sonho... assim não dá rendimento!... Isto é de lastimar!... CHUAC e não penses mais nisso, ehe,ehe,ehe...CASTOR
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)
De Anónimo a 13 de Outubro de 2005 às 18:11
de momentos (errata)zezinho
(http://conversasdexaxa4.blogspot.com)
(mailto:apcorreia@vozdasbeiras.com)
De Anónimo a 13 de Outubro de 2005 às 18:10
Uma interessante reflexão.
Eu sempre vivi-é uma opçãpo - demomentos e de instintos.
Assim, nunca me arrependerei do que não fiz.
Beijozezinho
(http://conversasdexaxa4.blogspot.com)
(mailto:apcorreia@vozdasbeiras.com)
De Anónimo a 13 de Outubro de 2005 às 17:09
Ao ler o teu texto pus me a pensar e senti me como se tivesse sido eu a escrever essas mesmas palavras.rosy
</a>
(mailto:)

Comentar post

.mais sobre mim

e-mail:
ritalexandre@hotmail.com
A LOJA...

Para encomendas: seilademilcores@yahoo.com

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pegadas Frescas

. MUDANÇA...

. FOI LINDO!

. EU VOU, EU VOU...

. E A SAGA CONTINUA...

. A MARAVILHOSA MAQUINA DE ...

. ...

. CABEÇA NO AR...

. PÂNICO...

. DE TI PARA MIM... OU DE M...

. MUDANÇAS

.Pegadas Passadas

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Pegadas Favoritas

. CHEIROS...

. E TUDO E TUDO E TUDO

. ADEUS AMIGO...

. DE COR...

. UMA LÁGRIMA ROLA...

. TEMPO...

. OS OLHOS DIZEM TUDO...

. O TEU RISO

. AGRADECIMENTOS...

. RENASCER...

.Outras Pegadas

blogs SAPO

.subscrever feeds