Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

MUDANÇA...

Já há muito tempo que não digo nada, mas é mesmo porque o meu computador decidiu entrar em guerra com o sapo e não consigo postar (nem sequer ver os comentários!!).

Espero que tenham entrado neste novo ano com o pé direito!

Devido às incompatibilidades técnicas que tenho vindo a ter decidi mudar de casa...

Agora estou AQUI.

Façam favor de entrar...

escrito por Ritisabel às 12:07

link do post | deixem as vossas pegadas | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006

FOI LINDO!

Adorei, foi um espectáculo, deu para tudo... para dançar, para sentir, para sorrir... eles são excepcionais!!!

A sala é muito boa, os lugares eram execelentes. Foi um tempo muito bem passado!

Agora só falta comprar o DVD para ver em casa... aceita-se como prenda nesta época de Natal... vem mesmo a calhar, hehehe ;)

Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

EU VOU, EU VOU...

Facil-de-entender_big

... ao Centro Cultural de Belém eu vou!!!!

9 de Dezembro (ainda falta um bocadinho), no grande auditório, primeira plateia, já tenho os bilhetes... ESTOU CONTENTE!!!!

Eu vou, eu vou, ver os The Gift dia 9, eu vou!

Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

E A SAGA CONTINUA...

Pois é, estão mesmo fixados nas máquinas do predio.

Hoje andaram numa roda viva (contado ninguém acredita) para arranjar moedas para a máquina. Comeram croissants todos contentes e felizes e no fim foram à outra máquina (a dos cafés) buscar cappuccinos.

De salientar que aqui dentro da empresa temos café, chá e microondas. Na rua há pelo menos 5 cafés que servem refeições, por perto.

A máquina deve ter algum poder e entrou-lhes no cérebro... deixou-os completamente vidrados e já nada lhes sabe bem, sem ser o belo do croissant ou da sandocha que sai de dentro dela.

A máquina está a controlar a mente de quem se aproxima por perto!!!!

Eu é que não vou lá... ainda fico na mesma!!!

Desculpem a minha repetição, mas isto está-me a deixar bastante nervosa... é isto e a ideia de poder ter visto o Dom Sebastião a sair do nevoeiro cerrado, que atravessei ontem para chegar a casa.

Não via um palmo à frente do nariz... tive de passar por uma estrada com cerca de um quilometro, completamente isolada (eu e a estrada) sem traços nem sequer alcatrão, portanto a estrada era completamente igual à pequena e esburacada berma. Estava a ver qual era o momento que atravessava a estrada de um lado ao outro e ia para o meio dos pinheiros!

Ufa... custou-me mesmo! Mas já passou, já passou...

Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

A MARAVILHOSA MAQUINA DE SANDES...

Aqui no predio onde trabalho colocaram uma máquina de cafés (optimos daqueles com cappuccino e tudo!!!) e uma máquina de sandes e afins.

Esta ultima máquina tornou-se a fixação e o extase total de colegas meus...! Até fazem a refeição de almoço com as belas das sandochas da máquina!!!

Completamente ao rubro contam as moedas que têm, fartam-se de rir a constatar que tem moedas para montanhas de sandes, preparam-se para as ir buscar como se fossem almoçar ao melhor dos restaurantes, deliciam-se na subida das escadas que vão dar à bela da máquina e, comem as sandes, croissants etc, completamente maravilhados pela delicia que é um belo pão com validade de uma semana! Divertem-se tanto, mas tanto, com a tecnologia da comida "emaquinada". Parece que estão a comer o melhor manjar do mundo! É vê-los a rir, e a falar alegremente sobre a máquina, parece que lhes caiu ouro do céu!

Não me incomoda nada ir buscar uma sandes para matar um "ratinho"... não tenho nada contra estas máquinas que às vezes fazem bastante jeito... agora, fazer disso o momento mais alto do dia!!!! Haja paciencia...

E eu que dizia que não me espantava com mais nada que se pudesse passar aqui... errei, errei, errei bastante...

Segunda-feira, 13 de Novembro de 2006

...

No sábado fui para os lados do guincho apanhar um solzinho, respirar e ver coisas bonitas.

Foi tudo optimo menos a carraspana que apanhei.

Já devia estar a começar a chocar uma bela constipação misturada com alergia, apanhei sol, e deu no que deu... estou doente, não me sinto nada bem... e ainda por cima vim trabalhar.

Mas porque é que a consciencia fala mais alto do que a horrivel maneira que me sinto? Estou com dores no corpo, tenho a cabeça pesadissima, só respiro pela boca, não sinto sabor nem cheiros, tenho comichão nos olhos que por sinal estão a meio palmo... enfim, estou boa para devolução...

Devia era estar em casa, mas enfim... pode ser que amanhã já esteja melhor...

Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

CABEÇA NO AR...

taparuwere

Hoje para o almoço trouxe um belo petisco para comer... uns camarõezinhos fritos que fiz no feriado e que sobraram e um belo de um paozinho para molhar...

Qual é o meu espanto quando vejo que dentro da caixa de vidro onde os trazia, onde os aqueci e de onde os estava a comer, estava uma bela de uma tampa de "taparuwere"!

Fartei-me de rir! Tenho mesmo uma cabeça tonta!

Mas como a minha colega diz... é bem melhor do que se me tivesse esquecido lá da esponja de lavar a louça! Pelo menos era uma tampa... e lavadinha!

Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

PÂNICO...

... foi o que eu senti hoje por ter apanhado um taxi e o condutor ser um completo lunático!

Hoje fui deixar o meu carro à revisão e como não conseguia entrar a horas (nem pouco mais ou menos) ao trabalho se fosse de autocarro, decidi apanhar um taxi.

Como condutora que sou, nesta bela cidade de Lisboa, não tenho grande apreço pelos taxistas, mas até hoje, e fora alguns episódios, nunca tinha tido uma experiencia como esta. Não sabia se me havia de rir, se havia de chorar, se havia de me atirar do taxi, se havia de fechar os olhos e só os abrir quando chegasse, só sei que o homem era completamente doido, passadissimo da cabeça!

Arranques rapidissimos, dois metros a andar seguidos de uma travagem brusca... completamente colado ao carro da frente, aos solavancos, a desafiar... e quando passava pelos outros olhava com um ar de arrogante e do tipo "-O que é que estás aqui a fazer, só eu é que tenho direito!".

Rotundas em que entrava completamente à maluca... os outros que parassem... musica altissima, um carro a cair de podre e com um cheiro horrivel!! Pensei a certa altura... "-Eu tenho de dizer alguma coisa, para ele ir mais devagar, ter mais cuidado, senão não chego viva ao trabalho!!", mas depois pensei melhor e calei-me, pois o belo senhor estava com cara de poucos amigos e ainda me deixava no meio da autoestrada!! Não sei se não teria sido melhor!!

A meio da viagem decidi pôr o cinto, pelo sim pelo não. O pânico maior foi na subida da pimenteira... até chegou a passar no meio de dois carros... estão a ver... duas faixas, três carros!!!!

Quando saí do taxi, respirei fundo e assentei bem os pezinhos no chão... estava mesmo aflita!

Mas o pior de tudo é que quando sair do trabalho tenho de apanhar novamente um taxi!!!

Deus me ajude...

Adenda: Esta viagem correu bem... até consegui ler uma revista! Ufa!

Quarta-feira, 25 de Outubro de 2006

DE TI PARA MIM... OU DE MIM PARA TI...

Jurarei

eterno amor

saudade

a vida inteira

ao nascer do sol

no Pomar das Laranjeiras.

E se o dia

não vier

voltarei

de qualquer maneira

só para te ver

no Pomar das Laranjeiras.

É tão grande

o meu amor

foi assim

logo à primeira

só será maior

no Pomar das Laranjeiras.

Terça-feira, 24 de Outubro de 2006

MUDANÇAS

A minha vida mudou... de à 4 meses para cá mudou muito, completamente, e para muuuito melhor. Mas até este ponto com todas as mudanças que aconteceram abri os olhos para muita coisa. Uma delas foi que não me devo dar tanto a amizades, conhecimentos ou pessoas que não valem nada. Festas, coisas giras, olhar para o próprio umbigo é o melhor que sabem fazer... quanto ao resto, ao apoio, à amizade, à palavra de carinho e conforto que por vezes é tão esperada e desejada... NADA, NADA, NADA!!!

Divorciei-me, "descasei-me", separei-me (é como quiserem) ou apenas abri os olhos e segui com a minha vida... tudo correu bem (ou quase bem), mas é uma grande mudança... e nestas alturas acho que necessitamos de amigos, de palavras que nos puxem para cima, e não de pessoas que nos apontam o dedo, que têm vergonha de falar, que acham que tudo é mau e que não tenho vida própria. Pessoas essas que antes de me divorciar até me diziam "se fosse eu já tinha ido a andar há muito tempo", mas depois quando finalmente tomo uma resolução séria na minha vida, pensada e com fundamentos reais, já não me dizem nada disso e até acham muito pouco normal eu ter interesses e querer andar para a frente.

É engraçado, eles tudo podem, para eles não há barreiras, não há problemas em fazer nada... podem "curtir" até mais não, podem "pintar a manta", podem fazer "trinta por uma linha"... mas são sempre os bonzinhos, os coitadinhos. Não pensam quando falam, não têm medo de magoar, de desiludir.

Não tenho paciencia para certas atitudes!!

Estou desapontada e isso faz-me repensar quem é verdadeiramente importante na minha vida.

Duas pessoas, DUAS, me apoiaram e sempre estarão ao meu lado. Cada uma à sua maneira, mas com muito amor.

Já lá vai algum tempo, mas para muitos tudo se passou ontem... mas esquecem-se que muito tempo antes de me divorciar, já estava mais do que divorciada no coração. Apenas esperei, dei tempo ao tempo, fiz tudo calmamente, tudo como eu achava que devia ser feito... sempre pensando nos outros, na familia, nos amigos. Mas agora chegou a altura de pensar apenas e unicamente em mim... acho que tambem tenho direito... afinal é a MINHA VIDA! Deixem-me andar para a frente... deixem-me continuar a viver... posso, ou tenho de pedir licença?

Tenho?

Então... COM LICENÇA!

Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

OS MEUS BELOS DIAS DE TRABALHO

Há muito que aqui não venho, por muitas razões... falta de tempo, uma correria doida, mas francamente também porque simplesmente não me apetece. À certos dias que até penso que vou escrever qualquer coisa, mas acabo por não o fazer... acho que já não estou habituada!

Mas hoje pensei... é agora!

E porque? Porque simplesmente tenho de partilhar o que todos os dias me corroi, me enerva, me tira do sério... ou que apenas me faz rir de tão ridiculo que é...

Estou a falar do meu ambiente de trabalho! Cada dia é diferente do outro, os humores variam como uma muda de roupa diária. Mas o que verdadeiramente não muda são as pessoas com que todos os dias lido e que aqui entram... sejam clientes, fornecedores, conhecidos... até a senhora da limpeza é estranha.

Não sou melhor nem pior que ninguém, mas francamente é tudo uma cambada de cromos, escolhidos a dedo e que francamente se reuniram todos aqui... não sei porque nem como, não há uma unica pessoa que aqui entre que não tenha a sua dose de "cromice", de mania, de estranho!!!! Dá vontade de rir... contado ninguém acredita!!!

Sentadinha na minha secretária vejo e revejo situações que penso que não vão existir mais que as superem... mas... tcharammmm... acontece outra e outra que francamente em certos dias só me dá vontade de fugir.

É inacreditável e se tivesse tempo e paciencia até descrevia algumas, mas sinceramente não sei por onde começar.

Desde as super gafes, às super manias que são os melhores do mundo, os senhores que sabem tudo acerca de nada, as trombas diárias, as gargalhadas profundamente aumentadas apenas para se fazerem ver e cairem no ridiculo, o desrespeito por qualquer sentido do saber estar e do saber conviver, os palavrões simultaneos e despropositados que caem numa enorme saturação, as parvoices e falta de conversa decente, os gritos, o não saber ouvir, os recalcamentos infantis e pedantes de quem se acha o maior e o melhor, a bimbalhada horária que parece que tem de marcar o ponto... a perfeita estupidez, burrice, palermice, e muitos "ices" mais recheiam o meu dia... todos mandam "bitaques" sobre tudo o que não lhes diz respeito, todos se sentem superiores... mas até dizem que não.

Desde a Sra. da limpeza que entra aqui aos berros, passando pelo candidato espontaneo de trabalho que aqui entra pela primeira vez e põe-se logo a mandar, até as clientes com maneiras afectadas e com a mania que são espertos, aos fornecedores que já pensam que são da casa e já se dão ao luxo de tudo fazer e tudo dizer... acabando nos belos exemplares de australipitecos que são os meus ricos patrõezinhos (que nem com um pau se endireitavam).

Ponho os fones e abstraio-me... é a unica maneira de conseguir produzir decentemente e não criar cabelos brancos a cada dia que passa! Mas cuuuuusta... ai se custa!!!

sinto-me: Atrofiadita com tanta BURRICE
Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

DESAFIO

Respondendo ao desafio das etiquetas que a PIPOCA me deixou...

FÉRIAS - Cheguei ontem de 15 dias de férias, que me levaram a finalizar alguns projectos que tinha em mente. Foram 15 dias produtivos. Agora ainda tenho mais duas semanas, para disfrutar em dois periodos... mas sabem que mais... PRECISO DE FÉRIAS!!!!!!

OBRAS - Ultimamente tenho participado em algumas, gosto de as fazer, mas gosto mais de as ver feitas... dá muito mais jeito!

MÚSICA - La la la lalala la la... como eu gosto de musica!!! Acentua-me os estados de espirito, leva-me a outros sitios, outras paragens... faz-me sorrir, faz-me chorar, eleva-me... faz-me bem!

EUROMILHÕES - Ai... gostava tanto!!! Dava-me cá um jeitão... Nunca ganhei nada, mas se calhar para isso tenho de participar em alguma coisa, não?

MÃOS - Gosto de as usar, gosto de tocar, de mexer, de ver com as mãos. Gosto de criar... é pena que às vezes a paciencia não seja muita!

LIVROS - Adoro livros mas ultimamente não tenho lido. Tenho alguns guardados para ler, mas como não lhe pego, vão acumulando. São fases e esta há-de passar. Tenho saudades de ler...

Não vou passar a ninguém, ou seja vou passar a todos aqueles que quiserem pegar neste desafio... façam favor...

Terça-feira, 27 de Junho de 2006

LONGE...

Tenho andado afastada deste mundo blogueiro. Por várias razões... não me tem apetecido escrever nada, não estou com ideias, estou muito pouco comunicativa... além de que a minha vida está a dar umas grandes voltas.

A velocidade a que as coisas correm também não me favorece, não me agrada... num dia tudo parece estagnar, noutro dia tudo avança! Um turbilhão de emoções corre dentro de mim, algumas novas outras nem por isso. Uns dias estou bem, noutros dias estou uma lástima, sem paciencia nem vontade para nada.

Mas aqui estou novamente, e espero que consiga voltar em força! Não vos tenho visitado, mas prometo que começo por escrever, depois visito-vos e retribuo as vossas visitas.

Por agora... escrevo... ou não...

Segunda-feira, 26 de Junho de 2006

É TRISTE...

uma pessoa recarregar uma pilha... o mp3 não funcionar... recarregar novamente... pensar que a máquina o carregador está estragado... mandar com o mp3 pra cima da mesa com muito pouca doçura... e depois, muuiiitooo depois, compreender que o problema é mesmo da pilha, que não é das recarregáveis!!!!! É triste... Claro que com isto tudo estive sem musica o dia inteiro!!!!
Quarta-feira, 24 de Maio de 2006

EUROVISÃO DA CANÇÃO

lordi

Não ouvi as musicas, apenas vi as votações da semi final, mas hoje soube que o grupo vencedor deste ano, foram os “Lordi”, da Finlândia… um grupo de Hard Rock que mete medo ao susto…

Do pouco que vi achei que os tempos francamente mudaram, e eu ainda estou no final dos vintes…

Os cantores e componentes de banda que participaram neste Festival, pareciam ter saído todos do mesmo molde (todos menos os vencedores claro, esses nem sei bem de onde saíram!!!).

Os senhores eram todos iguais, tops, umbigos à mostra, calças justérrimas, cabelos de ventania à poucos segundos… todos eles a “atirar para o outro lado”…

As senhoras, essas então acho que queriam ganhar mais pelos seus dotes fisicos do que propriamente vocais… pareciam saídas de uma revista masculina… daquelas intemporais!

Mas o que mesmo me fez ficar completamente boquiaberta foi a figura dos vencedores… não sei se a musica era gira, pois não a ouvi… mas a indumentária era horripilante… faziam frente a qualquer troll (dos mais feinhos) da trilogia do Sr. dos Aneis. Fiquei mesmo sem palavras...

Vejam como os ramos de flores da fotografia acima, contrastam com a banda... nem sei como é que as flores não murcharam no mesmo segundo!

He he, como os tempos mudam!

Adenda: No meio daquilo tudo, das nossas portuguesas "Non Stop", só lhes ouvi o nome…

.mais sobre mim

e-mail:
ritalexandre@hotmail.com
A LOJA...

Para encomendas: seilademilcores@yahoo.com

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Pegadas Frescas

. MUDANÇA...

. FOI LINDO!

. EU VOU, EU VOU...

. E A SAGA CONTINUA...

. A MARAVILHOSA MAQUINA DE ...

. ...

. CABEÇA NO AR...

. PÂNICO...

. DE TI PARA MIM... OU DE M...

. MUDANÇAS

.Pegadas Passadas

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Pegadas Favoritas

. CHEIROS...

. E TUDO E TUDO E TUDO

. ADEUS AMIGO...

. DE COR...

. UMA LÁGRIMA ROLA...

. TEMPO...

. OS OLHOS DIZEM TUDO...

. O TEU RISO

. AGRADECIMENTOS...

. RENASCER...

.Outras Pegadas

blogs SAPO

.subscrever feeds